Após paralisação nas obras de pavimentação da ERS-142, DAER se manifesta

30 de julho de 2019

Tags:Politica

Após apuração da reportagem da emissora local de Não Me Toque, Rádio 90.9 FM descobrir que ás obras de execução de asfalto na ERS-142 entre Não-Me-Toque e Carazinho devem ser paralisadas por falta de repasse do governo estadual, o DAER se manifestou na tarde desta segunda-feira (29), através de nota.

Confira a posição do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem:

“A obra de restauração e construção de terceiras faixas na ERS-142 entre Não-Me-Toque e Carazinho contava com recursos financiados junto ao Banco Mundial (Bird). O cronograma foi estabelecido de forma que os serviços fossem concluídos até o dia 31 de maio – data de vencimento do contrato firmado entre o governo do Estado e a instituição financeira.

No entanto, a obra não pôde ser concluída no prazo previsto, em razão de dois fatores: o ritmo de execução por parte da empresa contratada não correspondeu ao cronograma previsto; e a sequência de dias chuvosos atrasou os trabalhos na pista.

Ressalta-se que o Rio Grande do Sul ainda atravessa uma grave crise financeira, o que exige uma grande mobilização no sentido de viabilizar a conclusão dos trabalhos na ERS-142. Portanto, o Estado está realizando uma reprogramação da obra. Como, a partir de agora, a restauração da rodovia depende de recursos do Tesouro, o governo avalia a disponibilidade de recursos juntamente com a Secretaria da Fazenda.”

Ao Vivo - Rádio Carazinho