Pular para o conteúdo principal

Postagens

Conheça a história da Rádio Carazinho

A NOVA Rádio Carazinho foi fundada no 13 de Fevereiro de 2013, no dia mundial do rádio, um dia especial para brindar a chegada de uma emissora que tem como idéias informar, inovar e criar novas tendências para melhor servir a você nosso ouvinte.

Como tudo começou:

Foi em 10 de Abril de 1945 que o Governo Federal criou através da portaria nª 280 do ministro da Viação, com o prefixo ZYF-8, com a frequência 1.550 quilociclos, com potência inicial de 100 watts,mas a emissora só foi ao ar em 05 de maio de 1947 e a emissora integrava a rede das Emissoras Reunidas Rádio Cultura Ltda, que tinha com coirmãs as rádios Alegrete ZYE -9 (1.510 Kc), Cachoeira do Sul ZYF-4 (1.250 Kc), Caxias do Sul ZYF-3 (1.460 Kc), Cruz Alta ZYF-9 (1.530 Kc), Erechim ZYF-7 (1.250 Kc), Passo Fundo ZYF-5 (580 Kc), Santa Cruz do Sul ZYE-8 (1.510 Kc), Santo Ângelo ZYF-6 (1.460 Kc), a emissora veiculava o lendário REPÓRTER ESSO.​Alguns anos depois a Rede Emissoras Reunidas Rádio Cultura Ltda, era composta por 15 emissoras…

AOVIVO

RadiosNET

Para ouvir nossa rádio, baixe o aplicativo RadiosNet para celulares e tablets com Android ou iPhone/iPads.

Rádio Carazinho

Postagens recentes

LEONEL BRIZOLA É INCLUÍDO NO LIVRO DOS HERÓIS DA PÁTRIA

A presidente Dilma Rousseff sancionou lei aprovada pelo Senado que inclui o político gaúcho Leonel Brizola no Livro dos Heróis da Pátria, que homenageia brasileiros que se destacaram na defesa e construção da história nacional. A lei foi publicada nesta terça-feira (29) no Diário Oficial da União. O livro, com páginas de aço, fica exposto no Panteão da Pátria, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Fundador do PDT, Leonel de Moura Brizola nasceu em 1922, em Carazinho, no Rio Grande do Sul, e morreu no Rio de Janeiro, em 2004. Foi o único político brasileiro a governar dois estados diferentes: o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro. Também foi prefeito de Porto Alegre, deputado estadual e deputado federal. Brizola, teve participação expressiva na luta contra a ditadura militar e, após o golpe de 1964, viveu no exílio no Uruguai, Estados Unidos e Portugal até voltar ao Brasil com a Lei da Anistia. Foi candidato à Presidência da República por duas vezes e candidato à vice na chapa de L…

Eduardo Cunha autoriza abrir processo de impeachment de Dilma

Presidente da Câmara informou que acolheu pedido do jurista Hélio Bicudo. Peemedebista também criou comissão especial que analisará impeachment.EBOOK